27
Mar 08
Eu dou um relato de o obvio pois sempre achei a disciplina e respeito para o próximo uma coisa que faltava nas escolas, ruas e em geral em Portugal. Vivo cá há 18 anos e isto que hoje esta a chocar o pais foi o que encontrei quando me mudei para cá tinha 16 anos na altura não sabia falar, ler ou escrever a língua (português) portanto como me faltava um ano para acabar a escola assim decide, estava sozinha com o meu irmão mais novo para ajudar. Assim foi fomos para a escola eu fui para saúde com prestigiamento de estudos pois supostamente na turma dos"cromos" quando entrei na sala fiquei em choque todos de pé a fazer o que queriam e apeteciam, a Sra. professora a dar a aula como se tudo fosse normal, lá de vez enquanto mandava calar a sala e depressa a resposta se ouvia… o vai apanhar no c.. sua p..ta e vai te f..er etc. claro que ela limitou se a baixar a cabeça e continuar. Eu primeiro como não percebia achei por bem ver se era sempre assim um caos as aulas e qual o meu espanto quando vi que todas as aulas eram assim, algumas ate pior dependente da/do professor. Eu durei dois meses na escola acabei o semestre sai com nota media de 18. Nunca mais voltei para a escola, disse a minha família que não sabia estar numa escola assim que ia para a tropa pois lá há regras, disciplina e ordem da qual eu posso adaptar me melhor, assim foi mas como tudo é muito lento neste pais ate ser chamada para o serviço comecei a trabalhar aprendi a escreve, ler e a falar sozinha. Eu não fui para a tropa nunca mais estudei em Portugal para desgosto da minha família, o meu irmão também saiu dois meses depois de entrar pelo mesmo motivo. Portanto se querem estudar a sério não é nas escolas de Portugal que se faz foi o que aprendi.
Agora tenho uma coisa a dizer eu estudei na Africa do Sul e lá quem manda nas escolas são os professores. Leva se reguadas, com a cana de bambo, castigos diversos mas quem manda são eles ninguém discute, pois sabemos que é assim. Todos os dias nos lembram que estamos lá para aprendermos a ser gente útil para o mundo e não para passar o dia ou tempo. Nunca ate vir para Portugal tinha percebido o que eles queriam dizer com passar o tempo na escola. Nos éramos mantidos ocupados o tempo todo desporto aulas etc. não havia tempo para disparate, cá em Portugal os meninos tem tempo livre em demasiado por isso fazem asneiras e são mal-educados.
Eu penso que há muito para fazer na educação deste pais começando por fardamento isto elimina estatutos socias, económicos, diferenças de vários tipos e não venham com história do Salazar porque todos os países com os melhores sistemas de educação usam fardas. Ajuda os pais porque assim não tem que gastar tanto dinheiro em roupa de marca e tira estas futilidades da cabeça dos meninos e ocupa o espaço com coisas úteis em segundo lugar dar a régua ao professor pois sem ela não há meio de educar 25 ou 30 crianças. A história do traumatizado é a coisa mais estúpida de que ouvi falar em toda a minha vida. Uma palmada na hora certa nunca matou ninguém e para alem disso estes meninos são crianças (se não tem compreensão para pagar por o que fizeram também não tem para dialogar ou compreender) As crianças passam mais tempo nas escolas que em casa se for para fazer algo de errado será na escola e não em casa que o vão fazer por isso de em a régua as professores. Há uma coisa muito importante que as crianças e os pais delas tem que aprender: os lares deles é um lugar e as escolas é outro, os comportamentos de casa não se devem trazer para a escola.
O regime tem que mudar se querem que o pais vá para a frente. Infelizmente nunca mais estudei porque estou cá em Portugal e cada vez as escolas estão pior, não estudei medicina como queria, tinha as notas mas não sei andar nas escolas Portuguesas portanto digo a escolas portuguesas destruíram a minha vida!! e como eu deve haver muitos!!!
Peço desculpas por qualquer erro ortográfico ou outro qualquer mas como disse previamente aprendi a escrever sozinha.
Obrigado
publicado por guyan às 17:18

2 comentários:
Uma boa análise. Não sei se é só isso que falta a grande parte das escolas portuguesas mas há muito que perderam a organização, justiça e disciplina.
ruinix a 28 de Março de 2008 às 13:29

Xi...
Tou a gostar mais! Já falas de ti! Muito bien!!!

Goto muito de ti!!!

Jokas Gandes
thathys a 28 de Março de 2008 às 15:59

Março 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11

16
19
20
21
22

23
24
28

30
31


arquivos
mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

5 seguidores

pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO