19
Abr 08

Ora tive todos estes dias depois da última carta a tentar por mais uma mas não dava para entrar a sapo deixa muito a desejar em poder de ligação mas enfim não vim reclamar disto mas sim das notícias parvas que li ..

 

Itália uma velha de 55 anos processo um gajo de 30 por olhar para ela ele faz 10 dias não cadeia e paga uma multa de 40 €

 

Nova Zelândia um puto atacou outro com um ouriço caixeiro (coitado do ouriço) vai para cadeia por assalto com uma “arma branca” (isto é o ouriço claro) e estão a pensar se deve ser processado por crueldade a animais pois o bichinho morreu

 

Inglaterra um gajo bêbado foi parar no camião do lixo pois encontra vá se a dormir dento de um balde do lixo quando a câmara foi lá apanhar o lixo (lugar estranho para dormir)

 

Estados unidos O mais estranho de todos foram tiradas 417 crianças ou seus pais que vivem numa comunidade poligamia (isto e casam com varias mulheres e vivem todos juntos) mas as filha eram obrigadas a casar com quem os mais velhos escolhiam e com uma idade muito nova tipo ela com12 e ele com 55 as vezes sobrinha com tio etc. enfim o problema foi quando perguntaram as crianças quem são os pais foi de tal forma confuso que agora optaram por testes de ADN para perceberem tudo e os cruzamentos familiares geneticamente mãe com filho, tio com sobrinha, avó com neto etc. e claro que escolhe com quem casam são os homens com 15 anos começam a casar primeiro é escolhido para eles depois de serem velhos escolhem por conta própria hmmm

 

Ora com tanta noticia bizzara lemos mais em baixo membros da tribo Masaai vem correr na maratona de Londres para angariar dinheiro para instalar um sistema de agua potável para a aldeia deles em africa maioria das crianças não vivem ate aos 5 anos por causa de aguas contaminadas (isto sim é uma coisa boa).

 

Seguidamente vem a história de uma cabeça e mãos que foram encontradas numa praia na Escócia pelas próprias irmãs pequenas da vítima (fogo coitadas das miúdas) que agora vão fazer um funeral em homenagem a irmã mais velha antes de serem devolvidas ao pais de origem onde esta o resto da família

 

Ora com tanta coisa linda a sair nas noticias e jornais (só violência e barbaridades) pergunto me porque é que não se da também noticias boas como actos positivos, coisas interessantes mas positivas. será que o ser humano é tão macabro que só gosta de coisas más? será que ninguém gostaria de saber sobre aquela menina que salvou a avó de ser atropelada? ou que o pitbull da vizinha salvou a vida de um miúdo? ou que descobriu se que se pode ajudar a mãe natureza plantando esta arvore aqui e aquela ali? será pedir muito por noticias boas? em vez de noticias ma a toda hora. Se não sabem o que escrever é só olhar em volta samos muitos a fazer coisas boas também e gostaríamos de ser visto por isso e não por fazermos algo mau.

PARA DE DA PRESTIGO A COISAS MÁS… BASTA DE DAR IMPORTANCIA AO NEGATIVISSMO DE ALGUMS.

Esta na hora de incentivar o mundo a actos positivos e isso só se faz se mostrarmos coisas boas nas notícias e falarem delas a todos.

Desculpem o meu desabafo mas vejo todos a minha volta carga dos de energias negativas porque a vida é difícil ou algo correu mal e não há nada vindo dos governos para tornar essa energia negativa em positiva É SEMPRE BOM RECEBER NOTICIAS BOAS CERTO!!

publicado por guyan às 12:08
sinto-me: positiva

15
Abr 08

Fui a um site de fantasmas e fiquei inspirada para contar uma história deles na altura que era criança primeiro vou contar um pouco sobre a minha família para perceberam porque eu sei que existem não vou muito longe só ate a minha bis avo.

 

A minha bisa avo que eu nunca conheci nem o nome sei, só sei o que me contaram sobre ela pois ela era cigana filha de “rei”, uma de muitas de certeza. Ela conheceu o meu bisavô que não era cigano e como já sabemos isso não pode dar certo, mas mesmo assim eles apaixonaram se e decidiram casar, apesar das contestações das duas famílias a da minha avó porque ia ser fora do clã e com uma pessoa abaixo dela e por isso foi expulsa, apedrejada e agredida pelos familiares e o meu bisavô porque vinha de uma família com estatuto e dinheiro. Bem a ele disseram para nunca a trazer a publico nem eventos da família porque era uma vergonha.

 

A minha bisavó como todas as mulheres da família tinha “poderes” como se diz via pessoas que já cá não estavam e dizia o futuro e ela era muito concreta no que dizia. Quando a minha avó chegou a maturidade ela disse a minha avó que ela ia casar com um homem bom de coração, que a ia amar muito, e que ia ser chamado António que eles depois iam ter dois filhos, rapazes a um desses filhos ia ter três filhos duas filhas e um filho e a segunda filha deve ser chamada Graça.

Passado pouco tempo a minha bisavó entrou numa depressão profunda (que naquela altura não era doença) tinha uma família grande 7 filhos, um marido assim-assim e estava sozinha pois sentia falta do clã e do convívio porque o meu bisavô fez o que a família mandou, nunca levou a minha bisavó a conhecer o resto da família, nem a eventos da família dele. Ela não era bem vinda então passava muito tempo sozinha em casa, sem companhia, nem amigos, ela não aguento mais e suicidou se aos 27 anos.

 

A minha avó tinha por volta de 13 anos na altura sendo ela a mais nova e nunca se esqueceu do que a mãe lhe contou. Passado largos anos nasceu a segunda filha de um dos filhos (dela a minha avó..) EUZINHA pois fiquei com o nome que a minha bisavó me deu Graça porque todos acharam que estava certo assim. Também entre as mulheres todas nos ficamos com o poder dela de ver o futuro, os mortos, sentir perigo alguns mais fortes que outros e também todas temos um sinal no corpo no mesmo lugar como ela.

 

Passado longos anos depois de eu crescer no estrangeiro vim para Portugal e cá conheci a minha família toda e também foi quando eu conheci esta história. Tinha 16 anos nem nunca sobe da minha bisavó, quem era, o que fazia ou como morreu. Um dia fui a piscina e a minha mãe chamou me para conhecer a minha tia-avó, quando eu entrei ela olhou para mim e desmaiou. Só depois é que ela me contou que eu sou a cara chapada, feitio e estilo da minha bisavó a mãe dela! Eu não acreditei! E decidi perguntar a quem poderia conhecer a minha bisavó se era verdade e todos diziam que sim era igualzinha. Coisas simples como a maneira de amarrar o cabelo era igual, como comia o que gostava de comer mesmo assim eu não fiava muito pois eram todos muito velhos um pouco confusos etc. isto é ate ao dia que a minha avó me deu a foto dela a minha (bisavó) para eu ver. Ai vi que era igualzinha a ela. Ate se podia dizer que era eu se não fosse pela roupa.

 

Passando mais uns anos ai uns 3 e eu já vivia no Algarve e estava a trabalhar numa loja de tralhas quando entrou uma onda de ciganos (para roubar claro). Quando elas entraram entrou uma velha, muito velhinha que olhou para mim e começou a gritar como uma maluca. Elas todas agarraram a mulher e foram embora a correr. Passado uns dias ela a cigana velha que o nome escapa me a memoria agora voltou com mais umas velhas e ficaram especadas a olhar para mim ate que uma perguntou se eu tinha família cigana, e eu disse que tinha a minha bisavó que já morreu. E elas perguntaram se ela tinha morrido com 27 anos em Lisboa por suicídio, mais exacto se saltou de uma janela na zona da baixa em Lisboa. Eu disse que sim era isso mesmo a velhinha do dia anterior começou a chorar e veio abraçarem e disse “Eu era a melhor amiga da tua bisavó! Fiquei muito triste quando ela deixou o clã. Mas mais ainda porque matou se, mas agora já vi que ela voltou. És tu…”eu fiquei de boca aberta nunca pensei que isto pode se acontecer.

Fiquei feliz pela velhinha mas infelizmente morreu pouco depois, as outras ciganas velhinhas vaiaram me contar a loja que ela tinha falecido.

Eu fiz com elas luto mas só uns dias, acho que por respeito a ela que já era muito idosa e amiga da minha bisavó.

 

publicado por guyan às 15:26
sinto-me: diferente,bizzaro
tags:

11
Abr 08

 

Um teste que achei interessante fazer vamos lá ver quem é mulher e devia ser homem e vise versa!!  lol

 

 

Homens:                                                Mulheres:

Cada resposta                                        Cada resposta         

a)Conte 10 pontos                                 a)Conte 15 pontos

b)Conte 5 pontos                                   b)Conte 5 pontos

c)Menos 5 pontos                                  c)Menos 5 pontos

As perguntas sem resposta contam 5 pontos

 

 

De que sexo é o seu cérebro?

1.Ao ouvir um miado indistinto e sem olhar a sua volta consegue localizar o gato?

a) Pensando um pouco, aponta para o lugar onde ele esta

b) Aponta logo o lugar

c) Não sabe se consegue

 

2.Ate que ponto consegue lembrar se de uma canção que ouviu?

a) Acha-a simples e consegue entoar metade da melodia

b) Só consegue canta-la se for simples e ritmada

c) Acha-a difícil

 

3.Uma pessoa que encontrou apenas meia dúzia de vezes telefona lhe. Consegue reconhecer lhe a voz nos poucos segundos antes de ela se identificar

a) Com muita facilidade

b) Reconheço a voz pelo menos metade das vezes

c) Reconheço a voz menos metade das vezes

 

4.Esta com um grupo de amigos casados. Dois deles tem um caso descobre logo isso?

a)Quase sempre

b)Metade das vezes

c)Raramente

 

5.fui apresentado/a a cinco pessoas desconhecidas numa grande reunião social. Se os seus nomes forem mencionados no dia seguinte, consegue lembrar se dos rostos?

a)Lembra-se da maior parte deles

b)Apenas se lembra de alguns

c)Raramente se lembra de algum

 

6. Nos seus primeiros tempos de escola, tinha facilidade em soletrar e em fazer redacções?

a)Facilidade em fazer ambas as coisas

b)Só numa

c)Em nenhuma

 

7. Descobre um lugar para estacionar, mas tem de fazer marcha-atrás e o lugar é muito apertado:

a)Procura outro lugar

b)Faz marcha-atrás com muito cuidado

c)Faz marcha-atrás sem pensar muito

 

8.ao fim de três dias numa aldeia desconhecida, alguém lhe pergunta para que lado fica o norte:

a)Não faz a mínima ideia

b)Não tem a certeza, mas se pensar um pouco consegue acertar

c)Aponta logo para norte

 

9.esta na sala de espera do dentista. A que distancia consegue sentar se doutra pessoa do mesmo sexo sem se sentir pouco a vontade?

a)A menos de 15 cm

b)De 15 a 60 cm

c)A mais de 60 cm

10.vai visitar o seu novo vizinho e estão os dois a conversar: ouve se uma torneira a pingar:

a)Repara logo no som da agua a pingar e tenta ignora-lo

b)É provável que fale no assunto

c)Não se incomoda nada

 

A maior parte dos homens obterá um resultado entre 0 e 60

A maior parte dos homens obterá um resultado entre 50 e 100

A parte sobre posta 50 a 60 indica uma grande compatibilidade de pensamentos entre os sexos

Um total abaixo de 0 para os homens e acima de 100 para as mulheres aponta para o cérebro “sintonizado”de uma forma muito diferente da do sexo oposto.

Um total acima de 60 pontos para os homens pode mostrar uma tendência para atributos mentais femininos. Por outro lado, menos de 50 pontos para a mulher pode significar uma tendência para os processos mentais masculinos.

publicado por guyan às 12:32
sinto-me: divertida

09
Abr 08

Para quê ter olhos azuis, se a Natureza deixa os meus vermelhos?"
Bob Marley

 

Nope não é a natureza é só a droga meu!!


"Estou louca para ir a Nova Iorque. Sempre quis conhecer a
Europa..." Carla Perez (loira do Tchan)

loira!!

"Adoro Beethoven, principalmente os poemas."
Ringo Star

 

 Aaa pois sim muito culto poemas Beethoven hmmm!!

"Sempre que vejo TV e aparecem aquelas crianças a morrer de fome,
não consigo evitar chorar. Quer dizer, adorava ser assim magra, mas
sem aquelas moscas, mortes e essas coisas..."
Mariah Carey

 

Pois não se pode ter tudo, já tem voz era demais de tivesse cérebro


"Fumar mata. Quando se morre, perde-se uma parte muito importante da
vida."
Brooke Shields

 

Memoria falha mas acho que é loira.. pois linda sem a vida não há nada xii


"Estar vivo é o contrário de estar morto."
Lili Caneças

 

Afinal ser loira não é tão mau esta chegou a um ponto daaaaa




"Minha vida deu uma volta de 360 graus"
Adriane Galisteu

 

Okay para quem não sabe em geral uma volta ou circulo tem 360ºisto é se fixar um ponto e andar a volta ate chegar ao ponto de partida outra vez hmmm


"Os sete artistas compõem um trio de talento."
Manuela Moura Guedes

 

Manuela espero que tu estavas bêbeda ou pedrada quando disseste isto porque trio são 3 e não 7


"A nova terapia traz esperanças a todos os que morrem de cancro a
cada ano."
Manuela Moura Guedes

 Claro que sim depois de morrer é que é importante saber (como ficam a saber não sei) que há uma nova terapia pois pois!!

"Um morreu e o outro está morto."
Manuela Moura Guedes

 

Okay isto já é demais será que ela é na realidade loira!?



"O assassino matou 30 mortos."
Rodapé do Telejornal da SIC

Okay quem foi o parvo que escreveu isto de certeza que era de outro pais só pode…


"Foi assassinado, mas não se sabe se está morto."

Jornalista da TVI

assassinado = morto meu deus e são estes pobres que nos informam das noticias do mundo hmm agora já sei porque é que o jornal começa com a bola…

"Estão zero graus negativos."
Jornalista da TVI

 

Zero é um número neutro nem negativo nem positivo esta no meio…fogo é preciso fazer ao menos a 4 classe para se saber isso … será que eles estudam ou são como o socinhas

 

"A grande maioria das nossas importações vem de fora do país."
George W. Bush


Sempre sobe que este gajo era cá um grande crânio será que sabe outras coisas como comer com a sua própria mão e que Portugal é um pais e que leite vem de vacas e não o pacote xiii que exemplo de liderança (FALHADA) para o mundo

"Vejam como Paulinho Santos não deixa Sá Pinto penetrar!"
Gabriel Alves  

O que diz lá isso outra vez!!!lol há há há

"Juskowiak tem a vantagem de ter duas pernas!"
Gabriel Alves

coitado do outro deve só ter uma lol

"Lá vai Paneira no seu estilo inconfundível...(pausa)... mas não, é
Veloso."
Gabriel Alves


Lá vai o gajo de uma perna pausa opps trocamos era afinal o outro de três pernas o andar confunde o pessoal

"A China é um país muito grande, habitado por muitos chineses..."
Charles de Gaulle

 

Só podia ser francês para fazer uma declaração destas ou então podia ser loira…

"O meu coração só tem uma cor: azul e branco."
João Pinto (jogador do FCP)

deves estar doente não sei se já te disseram João mas devia ser vermelho·


"Inácio fechou os olhos e olhou para o céu!"
Nuno Luz (SIC

 

Como é que ele fez isso eu também quero fazer o mesmo v ala partilha esse segredo

"Quem corre agora é o Fonseca, mas está parado."
Jorge Perestrelo

 

O que ele esta a correr ou esta parado estou confudida já !?


"Nós somos humanos como as pessoas."
Nuno Gomes (SLB)

 

Tens a certeza disso acho k alguns são mesmo animais lol

publicado por guyan às 11:02
sinto-me: intelectual

08
Abr 08

Não recomendado para mentes sensíveis, Not recommended for sensitive people to read

 

Umas refeicoes de que eu não queria nem quero fazer parte xxxii

A few dinners i would not like to be at or to take parte in

 

Homem matou, cozeu e comeu partes do corpo da namorada

Um norte-americano de 25 anos matou a namorada, cortou partes do seu corpo aos bocados, estufou-os e comeu. O caso está a horrorizar os habitantes de Tyler, a cerca de 160 quilómetros de Dallas, no Texas.

No passado dia 6, em Tyler, no Texas, quando um polícia norte-americano atendeu uma chamada para o 911, a extensão das urgências nos EUA, não acreditou no que estava a ouvir. Uma história digna de Hollywood, contada pelo próprio protagonista. Um homem de 25 anos, Christopher Lee McCuin, 25 anos, confessou que matara a namorada de 21 anos, cortara partes do cadáver e estava, naquele exacto momento,  a pôr os bocados  de carne a estufar num tacho, que tinha a intenção de comer.  Pelo sim, pelo não, os agentes de plantão decidiram investigar. O certo é que, quando as autoridades chegaram ao endereço indicado - a casa da mãe do criminoso - viram uma cena dantesca. Ou seja,  encontraram o corpo de Jana Shearer mutilado,  tendo comprovado que o criminoso estava, de facto, a cozer partes do corpo da namorada. Segundo relatou o comissário J.B.Smith à agência Associated Press, o tacho ainda estava ao lume, a ferver... Os polícias viram, ainda,  sobre a mesa, um prato com suculentos pedaços de carne humana espetados num garfo...Christopher McCuin,  que alegou ter assassinado a namorada por "ordens de Deus", assegurou que estava a comer a carne, porém "a polícia não tem provas de que o o fez", disse o comissário Smith.  As autoridades acreditam que McCuin sequestrou e assassinou a namorada na sexta-feira, dia 5, tendo transportado o cadáver numa carrinha, para a casa da sua mãe. De acordo com o relatório da polícia, antes de telefonar para as urgências, o rapaz chamou a mãe para ver o cadáver na garagem. Horrorizada e pensando tratar-se de um assalto, esta dirigiu-se à esquadra mais próxima. Entretanto, Christopher telefonou para o 911.A morte da rapariga, por traumatismo craniano, e a mutilação do seu cadáver não são os únicos crimes pelos quais o canibal de Tyler vai responder em tribunal. Ainda segundo a polícia,   depois de matar a namorada e deixar o cadáver na garagem, o psicopata dirigiu-se para a casa da sua ex-mulher, onde encontrou o namorado desta, esfaqueando-o. Quando a polícia chegou, McCuin ainda estava na casa da ex-mulher,  mas acabou por conseguir escapar, e esteve a monte até ao dia seguinte, quando regressou à casa da sua mãe e alertou o 911.  William Veasley, 42 anos, o namorado da ex-mulher do canibal,  foi transferido para o hospital, onde ainda se encontra em estado crítico.

 

O acto de comer carne humana - ritual praticado por culturas ancestrais e durante o período de extrema escassez - pode também representar a concretização de fantasias sexuais sádicas, associado a indivíduos de alguma forma deslocados na sociedade e quase sempre portadores de transtornos psíquicos, afirma a médica Nahlah Saimed, especialista em medicina legal, directora do Centro de Psiquiatria Forense da Vestfália, Alemanha.

Alguns dos homicídios mais famosos da história estão associados ao canibalismo patológico. Um dos casos mais antigos remonta ao século XVIII. Paulo Reisinger, que assassinou seis mulheres entre 1779 e 1786, comeu-lhes o coração. Estava convencido de que se comesse o coração - ainda a bater - das vítimas, obtinha sorte no jogo e o dom de se tornar invisível.

Outro caso famoso é o do japonês Issei Sagawa,, que em 1981, em França, matou e comeu a sua professora de alemão, a holandesa Renée Hartevelt, de 25 anos. A polícia ainda encontrou pedaços do corpo, cuidadosamente embrulhados, no seu frigorífico. O assassino, então com 33 anos e estudante de Literatura, tinha um fetiche por mulheres loiras, tendo feito um relato escrito do acto de canibalismo: "Corto o seu corpo e levo a carne assada à boca (...)", admitindo ter praticado sexo com o cadáver mutilado.

Sagawa foi internado numa clínica psiquiátrica francesa, onde foi diagnosticado como "psicótico intratável". Em 1985, graças às pressões do pai, um rico empresário japonês, acabou por ter alta, tendo regressado ao Japão onde, ainda hoje, é considerado uma espécie de ídolo pop bizarro.O mais recente caso de canibalismo patológico conhecido é o do alemão Armin Wives, 'O Canibal de Rotenburg', que em 2006 foi condenado a prisão perpétua por um tribunal de Frankfurt por ter assassinado, esquartejado e comido parcialmente outro homem. Nascido em 1962, Weives, que se tornou conhecido também como 'Der Metzgermeister' (O Talhante Mestre), era um usuário da Internet.O crime remonta a Março de 2001, tendo tido o acordo da própria vítima, Bernd Jurgen Brandes, que leu um anúncio divulgado pelo assassino na Internet. O homicídio foi praticado na casa de Armin Wives, local marcado para o encontro, onde o assassino começou por amputar o pénis de Brandes, como haviam combinado previamente.A ideia era os dois comerem o órgão sexual da vítima, depois de temperado e frito (não se tem a certeza se a vítima comeu a sua parte, embora o assassino assegure que ele o fez). Em seguida, após Brandes desfalecer, Wives esquartejou-o, enterrou parte do corpo no jardim, e pôs o resto no freezer, de onde foi retirando a carne que iria comer nos meses seguintes. Armin Weives somente veio a ser detido em Dezembro de 2002, quando um estudante austríaco alertou a polícia para um anúncio na Internet, posto por Wives, que mais uma vez solicitava um candidato para ser morto e comido. Os médicos que o examinaram deduziram que o assassino sofre de uma grave perturbação mental incurável, e é um perigo para a sociedade.


Nas buscas, as autoridades ainda encontraram pedaços de carne e ossos congelados, pertencentes a Brandes, bem como o macabro
vídeo feito por Armin Wives, que mostra o assassino a matar, a desmembrar e a comer Brandes. Segundo a imprensa alemã, o assassino terá dito à polícia que Brandes estava "obcecado" com a ideia de ser devorado vivo, desde que viu o filme 'O Silêncio dos Inocentes', de 1988, cujo personagem principal, o canibal Hannibal Lecter, é interpretado pelo actor Anthony Hopkins.


Nathaniel Bar-Jonah is a convicted child predator that is in prison after repeatedly molesting, torturing, and attempting to murder children. He was also suspected of murdering a child then disposing of the body through cannibalistic ways that involved his unsuspecting neighbours.

Richard Chase savagely murdered six people, but one has to wonder if others shared some of the blame. His parents and health officials considered him stable enough to live without supervision, in spite of the fact he displayed severe abnormal behaviour from an early age. By the age of 10, Chase displayed three known warning signs of children who grow to become serial killers - bed-wetting beyond the normal age, cruelty to animals and setting fires.

Teenage Years:
According to published reports, Chase's mental disorders intensified during his teenage years. He became a drug user and regularly exhibited symptoms of delusional thinking. He managed to maintain a small social life, however his relationships with women would not last long. This was because of his bizarre behaviour and because he was impotent. The later problem obsessed him and he voluntarily sought help from a psychiatrist. The doctor was unable to help him however and noted his problems were a result of his severe mental disorders.
After turning 18, Chase moved out from his parent's home and in with roommates. His roommates, bothered by his heavy drug use and wild behaviour, asked him to leave. After Chase refused to move out, the roommates left and he was forced to move back in with his mother. This lasted until he became co

A Search for Help:
Isolated, Chase's obsession with his health and bodily functions heightened. He suffered from constant paranoid episodes and would often end up at the hospital emergency room in search for help. His list of ailments included complaints that someone had stolen his pulmonary artery, that his stomach was backwards and that his heart had stopped beating. He was diagnosed as being a paranoid schizophrenic and spent a short time under psychiatric observation, but soon released. Unable to find help from doctors, yet still convinced that his heart was shrinking, Chase felt he had found the cure. He would kill and disembowel small animals and eat the various parts of the animals raw. However, in 1975, Chase suffering from blood poisoning after injecting the blood of a rabbit into his veins, was involuntarily hospitalized and diagnosed with schizophrenia.

Schizophrenia or Drug-Induced Psychosis?:
Doctors treated Chase with the usual drugs used for schizophrenia with little success. This convinced doctors that his illness was from his heavy drug use and not schizophrenia. Regardless, his psychosis remained intact and after he was found with two dead birds with their heads cut off and blood sucked out, he was moved to a hospital for the criminally insane. Incredibly, by 1976 his doctors decided he was no longer a threat to society and released him under the care of his parents. Even more incredibly, his mother made the decision that Chase no longer needed the anti schizophrenia medications prescribed and stopped giving him the pills. She also helped him find an apartment, paid his rent and bought his groceries. Left unchecked and without medication, Chase's mental disorders escalated from the need for animal organs and blood, to human organs and blood.

First Murder:
December 29, 1977 - Chase killed 51-year-old Ambrose Griffin in a drive-by shooting. Griffin was helping his wife bring groceries into the house when he was shot and killed. Random Violent Acts:
January 11, 1978 - Chase attacked a neighbour after he asked for a cigarette then restrained her until she turned over the entire pack. Two weeks later, he broke into a house, robbed it then urinated inside a drawer containing infant clothing and defecated on the bed in a child's room. Interrupted by the owners return, Chase was attacked but managed to escape.

Unlocked Doors:
Chase continued to search for unlocked doors of homes to enter. He believed a locked door was a sign that he was not wanted, however an unlocked door was an invitation to enter.

Second Murder:
January 23, 1978 - Teresa Wallin, pregnant and at home alone, was taking out the garbage when Chase entered through her unlocked front door. Using the same gun he used to kill Griffin, he shot Teresa three times, killing her, then raped her corpse while stabbing her several times with a butcher knife. He then removed multiple organs, cut off one of the nipples and drank the blood. Before leaving, he collected dog feces from the yard and stuffed it into the victim's mouth and down her throat. Final Murders:
January 27, 1978 - The bodies of Evelyn Miroth, age 38, her six-year-old son Jason, and friend Dan Meredith, were found murdered inside Evelyn's home. Missing was Evelyn's 22-month-old nephew David, who she had been baby sitting. The crime scene was horrific. Dan Meredith's body was found in the hallway. He was killed with a direct gunshot would to his head. Evelyn and Jason were found in Evelyn's bedroom. Jason had been shot twice in the head.
The depth of Chase's insanity was clear when investigators went over the crime scene. Evelyn's corpse had been raped and sodomized multiple times. Her stomach had been cut open and various organs were removed. Her throat was cut and she had been sodomized with a knife and there was a failed attempt to remove one of her eyeballs. Not found at the murder scene was the infant, David. However, blood in the baby's crib gave police little hope the child was still alive. Chase later told police that he brought the dead infant to his apartment. After mutilating the baby's body he disposed of the corpse at a nearby church, which is where it was later found. What he did leave at the grotesque murder scene were clear hand and shoe prints, which soon led police to his door and to the end of Chase's insane rampage.

The End Result:
In 1979, a jury found Chase guilty on six counts of first-degree murder and he was sentenced to die in the gas chamber. Disturbed by the gruesome details of his crimes, other prisoners wanted him gone and often tried to talk him into killing himself. Whether it was the constant suggestions or just his own tortured mind, Chase managed to collect enough prescribed antidepressants to kill himself. On December 26, 1980, prison officials discovered him dead in his cell from an overdose of medications. Convinced she was trying to poison him and Chase was moved to an apartment paid for by his father.

Jeffrey Dahmer was responsible for a series of gruesome murders of 17 young men from 1988 until he was caught on July 22, 1991, in Milwaukee.

Dahmer's Childhood Years

Dahmer was born on May 21, 1960, in Milwaukee, Wisconsin to Lionel and Joyce Dahmer. From all accounts Dahmer was a happy child who enjoyed typical toddler activities. It was not until the age of six, after undergoing hernia surgery that his personality began to change from a jubilant social child to a loner who was uncommunicative and withdrawn. His facial expressions transformed from childhood smiles to a motionless blank stare, a look which remained with him throughout his life.

Pre-Teen Years

In 1966, the Dahmers moved to Bath, Ohio. Dahmer's insecurities grew after the move and his shyness kept him from having many friends.While his peers were busy listening to the latest songs, Dahmer was busy collecting road kill and stripping the animal carcasses and saving the bones. Other idle time was spent alone, buried deep inside his fantasies. His non confrontational attitude with his parents was considered an attribute yet in reality it was his apathy towards the real world that made him appear obedient.

Disturbing High School Years

Dahmer continued being a loner during his years at Revere High School. He had average grades, worked on the school newspaper and developed a bad drinking problem. His parents, possibly distracted from their own struggles, divorced when Jeff was almost 18. He remained living with his father who travelled a lot and was busy nurturing a relationship with his new wife. After high school Dahmer enrolled at the Ohio State University and spent most of his time skipping classes and getting drunk. After two semesters he dropped out and returned home. His father issued him an ultimatum - get a job or join the Army. In 1979 he enlisted for six years into the Army, but his drinking continued and in 1981, after serving only two years, he was discharged because of his drunken behaviour.

First Kill

Unknown to anyone, Jeffery Dahmer was mentally disintegrating. In June of 1988, he was struggling with his own homosexual desires, mixed with his need to act out his sadistic fantasies. Perhaps this struggle is what pushed him to pick up a hitchhiker, 19-year-old Steven Hicks. He invited Hicks to his father's home and the two drank and engaged in sex, but when Hicks was ready to leave Dahmer bashed him in the head with a barbell and killed him. He then cut up the body, placing the parts in garbage bags, which he buried in the woods surrounding his father's property. Years later he returned and dug up the bags and crushed the bones and disbursed the remains around the woods. As insane as he had become, he had not lost site of the need to cover his murderous tracks. Later his explanation for killing Hicks was simply, he didn't want him to leave.

Prison Time

Dahmer spent the next six years living with his grandmother in West Allis, Wisconsin. He continued drinking heavily and stayed in trouble with the police. In August 1982, he was arrested after exposing himself at a state fair. In September 1986, he was arrested and charged with public exposure after masturbating in public. He served 10 months in jail, but was arrested soon after his release after sexually fondling a 13-year-old boy in Milwaukee. He was given five-years probation after convincing the judge that he needed therapy. His father, unable to understand what was happening to his son, continued to stand by him, making certain he had good legal council. He also began to accept that there was little he could do to help the demons which seemed to rule Dahmer's behaviour. He realized that his son was missing a most basic human element - a conscience.

Murder Spree

In September 1987, while on probation on the molestation charges, Dahmer met 26-year-old Steven Toumi and the two spent the night drinking heavily and cruising gay bars then went to a hotel room. When Dahmer awoke from his drunken stupor he found Toumi dead. Dahmer put Toumi's body into a suitcase which he took to his grandmother's basement. There he discarded the body in the garbage after dismembering it, but not before gratifying his sexual necrophilia desires.

Passive Sex

Unlike most serial killers, who kill then move on to find another victim, Dahmer's fantasies included a series of crimes against the corpse of his victims, or what he referred to as passive sex. This became part of his regular pattern and possibly the one obsession that pushed him to kill.

On His Own

Killing his victims in his grandmother's basement was becoming increasingly difficult to hide. He was working as a mixer at Ambrosia Chocolate Factory and could afford a small apartment, so in September 1988; he got a one bedroom apartment on North 24th St. in Milwaukee.

Dahmer's Ritual

Dahmer's killing spree continued and for most of his victims the scene was the same. He would meet them at a gay bar or mall and entice them with free alcohol and money if they agreed to pose for photographs. Once alone, he would drug them, sometimes torture them and then kill them usually by strangulation. He would then masturbate over the corpse or have sex with the corpse, cut the body up and get rid of the remains. He also kept parts of the bodies including the skulls, which he would clean much like he did with his childhood road kill collection and often refrigerated organs which he would on occasion eat.

 

The Gein Family: Ed Gein, his older brother Henry, his father George and mother Augusta, lived together on their 160-acre farm a few miles outside Plainfield, Wisconsin. George was an alcoholic and Augusta was a demanding, over-bearing woman who had full control over her boys. From as far back as Ed could remember, Augusta was either delegating farm work for the boys to perform, or quoting the gospel. She tried hard to teach Ed and Henry about sin, especially about the evils of sex and women.

Living Alone: In 1940 George died as a result of his alcoholism. Four years later Henry died while fighting a fire. Ed was now fully responsible for the welfare of his domineering mother. For two years he tended to her demands until her death in 1945. Ed, now alone, sealed off all but one room and the kitchen of the large farmhouse. He no longer worked the farm after the government began paying him as part of a soil conservation program. Doing local handyman jobs subsidize his income.

Fantasy of Sex and Dismemberment: Gein stayed to himself. No one knew that he spent hours obsessed with sexual fantasy and reading about the female anatomy. The human experiments performed in Nazi camps also fascinated him. His mind filled with images of sex and dismemberment and as the mental images merged into one, Ed would reach gratification. Gus, another loner, was a long-time friend Gein's. Gein told Gus of experiments he wanted to perform but he needed bodies. Together the two began robbing graves for the needed bodies.

Transformations: This same scenario went on for more than 10 years. This included removing Gein's mother from her grave. The experiments with the corpses became more gruesome and bizarre over time and included necrophilia and cannibalism. Gein's obsessive fantasies centralize on his over-powering desire to turn himself into a woman. He would construct items out of the skin of the body that he could then drape on himself such as a female mask and breasts. He even made a complete body-sized female-like jumpsuit.

Mary Hogan: Gein's needs escallated into believing to perfect his desired sex change he would need fresher bodies. On December 8, 1954, Gein, now age 48, killed Mary Hogan, owner of a local tavern. The police were unable to solve the strange disappearance of Mary Hogan, but with the blood found at the tavern, they knew she was most likely a victim of foul play. Gus was not involved in the murder. He was institutionalized before the killing began. Only Gein knew for sure how many he women he killed.

Bernice Worden: On November 16, 1957, Gein entered the hardware store owned by Bernice Worden. Gein had been to this same store hundreds of times and Bernice had no reason to fear him. She likely thought nothing when Gein removed a .22 rifle from the display rack although her instincts probably sharpened if she saw him insert his own bullet into the rifle. Gein shot the rifle and killed Bernice, placed her body into the store's truck, returned to get the cash register, then drove the store truck to his home.

The Worden Investigation Begins: An investigation to the whereabouts of Bernice Worden began after her son Frank, a deputy sheriff, returned late in the afternoon from an early morning hunting trip and discovered his mother was missing and blood was on the floor of the store. A review of the store receipts included the purchase of a half of gallon of antifreeze.

Gein Becomes A Suspect: Worden thought about any suspicious activity that he could recall, and one thing came to mind. He remembered that Gein had been in and out of the store the previous week and also at closing time the night before. He remembered Gein saying he'd be back in the morning for antifreeze and that Gein questioned Worden about going hunting the next day. Although Gein had never been involved in any known criminal activity, the sheriff felt it was time to pay the odd loner a visit.

Unfathomable Crimes Uncovered: Gein was located by police at a store near his home. Police then went to Gein's farmhouse in hopes of finding Bernice Worden. The shed was the first area searched. Working in the dark of the night, Officer Schley lit a torch and slowly swung it around the shed. Inside was a woman's naked corpse hanging upside down, the body disembowelled, and the throat and head missing. It was the body of Bernice Worden. Next came the search of Gein's house. The police officers waded through piles of garbage and an unfathomable amount of junk with only oil lamps to guide them. As the officers eyes adjusted, the junk began to take a recognizable form, one that was more horrific than anyone could have ever imagined. Everywhere they looked they saw various body parts, some used as household items such as skulls made into bowls, jewellery made from human skin, lips hanging, chair seats with human skin upholstery, facial skin that was well preserved and resembled masks, a box of vulva's among which was his mothers, painted silver.

It was later determined that the body parts came from 15 different women although some parts could never be identified. One of the most shocking items found was that of fellow officer Worden's mother's heart - found in a pan on the stove. The lives of the police officers who walked through the house of horrors on that February night undoubtedly changed forever. Gein was committed to the Waupan State Hospital for the duration of his life. It was revealed that his reasons for killing older women stemmed from his love-hate feelings for his mother. He never admitted to his cannibalistic or netrophilliac activities. At the age of 78, Gein died of cancer and his remains were buried in his family plot in Plainfield.

The property eluded evil and horrific memories for the people of Plainfield and eventually it was torched by citizens.

Agora um aviso cuidado com o que comes pode ser a vizinha!!!

Now a warning be careful with what you eat it could be your neighbour!!!

publicado por guyan às 17:31
sinto-me: ESTRANHO MUITO ESTRANHO

07
Abr 08

Olá gente

Bem ontem foi um belo dia de verão por cá. Achei o dia um espectáculo que decidi não por os putos a dormir a sesta então fomos dar uma voltinha melhor sendo uma voltona.

Ora saímos de casa depois do almoço e fomos ver todas as lojas chinesas da zona. Andamos um bom bocado mais ou menos 2 horas quando vi um sinal a dizer 1300mt do supermercado pois fiz os cálculos e já tínhamos andado pelo menos 3500 mt( portanto 3km e meio) e ainda faltava chegar a casa. Os putos estavam tão contentes que se fartaram de correr saltar ect fomos a uma praia escondida que é um espanto e voltamos para casa onde passamos uma obra.. ora areia… putos imaginem eles ficaram tão contentes de poder subir, rolar, sujarem se a eles e  a roupa ect riam ate soluçavam de rir. As pessoas que passavam só olhavam os putos a sujarem se passou um casal tuginha com dois filhos e uma filha coitados eles viram os meus a sujarem se todos e a brincar a rir ect que foram a correr para se juntarem, nunca tinha visto crianças a voar, os pais arrancaram os pobrezinhos de lá pelos braços e aos berros vais te sujar já tens 4 anos não tens idade para isto..(?) E tu és uma menina comporta te como tal bla bla estava um velho parado que só dizia “são crianças.” Eu respondi pois são, são crianças e elas tem que brincar e se sujar eu fiz isto quando era pequena e diverti-me muito e nem por isso morri ..No total a nossa voltinha foi uns 4 km muito fixe os putos gostaram bue. Quando chegaram a casa tomaram banho e disseram que queriam passear outra vez xiii outra vez não!!! só uma voltinha pequena pela cidade e depois fomos jantar bem diga se de passagem que andar a pé faz bem ,eles que já comem bem fartaram se de comer. Depois fomos para casa por volta das21h onde eu achei que queriam dormir logo (erro meu) eles queriam brincar mais e mais saltar pular chatear só dormiram já era dez e meia e foi porque ralhei com eles, senão ficavam a brincar mas foi um dia muito bem passado. Passeamos, rimos, corremos, sujamos a roupa e vimos animas de quinta que foi uma delícia para eles porque nunca os viram antes. Já há muito tempo que não me distraía assim... foi um bom domingo.

publicado por guyan às 15:59
sinto-me:

29
Mar 08

Aqui estou eu seriamente preocupada com a maluca da minha amiga Thathy que eu não sei onde se enfiou…. Baaaaa amoli onde tas tu?!! porque é que nunca mais vens a minha mansão !!(hahaha) esta tudo bem contigo?!! Já tens net em casa ou tas nos teus pais diz algo já são quase quarto dias isso é muito tempo sem saber de ti baaaaa  

publicado por guyan às 10:32

27
Mar 08
Eu dou um relato de o obvio pois sempre achei a disciplina e respeito para o próximo uma coisa que faltava nas escolas, ruas e em geral em Portugal. Vivo cá há 18 anos e isto que hoje esta a chocar o pais foi o que encontrei quando me mudei para cá tinha 16 anos na altura não sabia falar, ler ou escrever a língua (português) portanto como me faltava um ano para acabar a escola assim decide, estava sozinha com o meu irmão mais novo para ajudar. Assim foi fomos para a escola eu fui para saúde com prestigiamento de estudos pois supostamente na turma dos"cromos" quando entrei na sala fiquei em choque todos de pé a fazer o que queriam e apeteciam, a Sra. professora a dar a aula como se tudo fosse normal, lá de vez enquanto mandava calar a sala e depressa a resposta se ouvia… o vai apanhar no c.. sua p..ta e vai te f..er etc. claro que ela limitou se a baixar a cabeça e continuar. Eu primeiro como não percebia achei por bem ver se era sempre assim um caos as aulas e qual o meu espanto quando vi que todas as aulas eram assim, algumas ate pior dependente da/do professor. Eu durei dois meses na escola acabei o semestre sai com nota media de 18. Nunca mais voltei para a escola, disse a minha família que não sabia estar numa escola assim que ia para a tropa pois lá há regras, disciplina e ordem da qual eu posso adaptar me melhor, assim foi mas como tudo é muito lento neste pais ate ser chamada para o serviço comecei a trabalhar aprendi a escreve, ler e a falar sozinha. Eu não fui para a tropa nunca mais estudei em Portugal para desgosto da minha família, o meu irmão também saiu dois meses depois de entrar pelo mesmo motivo. Portanto se querem estudar a sério não é nas escolas de Portugal que se faz foi o que aprendi.
Agora tenho uma coisa a dizer eu estudei na Africa do Sul e lá quem manda nas escolas são os professores. Leva se reguadas, com a cana de bambo, castigos diversos mas quem manda são eles ninguém discute, pois sabemos que é assim. Todos os dias nos lembram que estamos lá para aprendermos a ser gente útil para o mundo e não para passar o dia ou tempo. Nunca ate vir para Portugal tinha percebido o que eles queriam dizer com passar o tempo na escola. Nos éramos mantidos ocupados o tempo todo desporto aulas etc. não havia tempo para disparate, cá em Portugal os meninos tem tempo livre em demasiado por isso fazem asneiras e são mal-educados.
Eu penso que há muito para fazer na educação deste pais começando por fardamento isto elimina estatutos socias, económicos, diferenças de vários tipos e não venham com história do Salazar porque todos os países com os melhores sistemas de educação usam fardas. Ajuda os pais porque assim não tem que gastar tanto dinheiro em roupa de marca e tira estas futilidades da cabeça dos meninos e ocupa o espaço com coisas úteis em segundo lugar dar a régua ao professor pois sem ela não há meio de educar 25 ou 30 crianças. A história do traumatizado é a coisa mais estúpida de que ouvi falar em toda a minha vida. Uma palmada na hora certa nunca matou ninguém e para alem disso estes meninos são crianças (se não tem compreensão para pagar por o que fizeram também não tem para dialogar ou compreender) As crianças passam mais tempo nas escolas que em casa se for para fazer algo de errado será na escola e não em casa que o vão fazer por isso de em a régua as professores. Há uma coisa muito importante que as crianças e os pais delas tem que aprender: os lares deles é um lugar e as escolas é outro, os comportamentos de casa não se devem trazer para a escola.
O regime tem que mudar se querem que o pais vá para a frente. Infelizmente nunca mais estudei porque estou cá em Portugal e cada vez as escolas estão pior, não estudei medicina como queria, tinha as notas mas não sei andar nas escolas Portuguesas portanto digo a escolas portuguesas destruíram a minha vida!! e como eu deve haver muitos!!!
Peço desculpas por qualquer erro ortográfico ou outro qualquer mas como disse previamente aprendi a escrever sozinha.
Obrigado
publicado por guyan às 17:18

26
Mar 08

Ora imaginemos que um dia descobre que ficou grávida nem que seja uma coisa divina então decide dar um nome especial ao sua criança: ou

Fico grávida e não quer a criança então decide que vai dar para adopção e também decide dar um nome único se por acaso um dia decidir encontrar será mais fácil: ou

A sua namorada/mulher ficou grávida vocês estão radiantes decidem mistura os vossos nome para fazer um nome para a criança amada ou pior são brincalhões ou não se lembraram de outro…

Aqui vai uma lista de nomes:

Astraugaxênia de Pele Dedo Novaes.

Orozimbo,

Ebenézer

 Pericleves
Xenophonte

Mayara Jacinto Pinto No pronto socorro de minha cidade tem um moça que se chama Vargintonia
Despafronildo Analfabetico Inergumino Morto Faminto Junior

DEMOCRÉIA DA BOA MORTE

ADELRRATTA DIFRENTE DA SILVA.

duas irmãs gêmeas chamadas: Mirjolina e Merdalina, Progresso

Tranqüilo.
- Um Dois Três de Oliveira Quatro
- 3 irmãs gêmeas (e lindas): Xérox, Fotocópia e Autenticada

Agora so nomes:

Comigo é Nove na Garrucha Trouxada,
Confessoura Dornelles,
Crisoprasso Compasso,

Danúbio Tarada Duarte,
Darcília Abraços de Carvalho Santinho,
Deus Magda Silva,
Deus É Infinitamente Misericordioso,
Deus Quer Magalhães Mota,
Deusarina Venus de Milo,
Dezêncio Feverêncio de Oitenta e Cinco,
Dignatario da Ordem Imperial do Cruzeiro,
Dolores Fuertes de Barriga,
Drágica Broko,

Ernesto Segundo da Família Lima,
Espere em Deus Mateus,
Estácio Ponta Fina Amolador,
Éter Sulfúrico Amazonino Rios,
Excelsa Teresinha do Menino Jesus da Costa e Silva,

Faraó do Egito Sousa,
Fedir Lenho,
Felicidade do Lar Brasileiro,
Finólila Piaubilina,
Flávio Cavalcante Rei da Televisão,
Francisco Notório Milhão,
Francisco Zebedeu Sanguessuga,
Francisoreia Doroteia Dorida,
Fridundino Eulâmpio,

Gerunda Gerundina Pif Paf,

Holofontina Fufucas

Jacinto Fadigas Arranhado,
Jacinto Leite Aquino Rego,
Janeiro Fevereiro de Março Abril,
João Bispo de Roma,
João Cara de José,
João Cólica,
João da Mesma Data,
João de Deus Fundador do Colto,
João Meias de Golveias,
João Pensa Bem,
João Sem Sobrenome,
João Suíno de Oliveira,
Joaquim Pinto Molhadinho,
José Amâncio e Seus Trinta e Nove,
José Casou de Calças Curtas,
José Catarrinho,
José Machuca,
José Maria Guardanapo,
José Padre Nosso,
José Teodoro Pinto Tapado,
José Xixi,
Jovelina Ó Rosa Cheirosa,
Jotacá Dois Mil e Um,
Juana Mula,
Júlio Santos Pé-Curto,
Justa Senhorinha de Jesus,
Justiça Maria de Jesus

 

Maria Tributina Prostituta Cataerva,
Maria-você-me-mata,

Maria Privada de Jesus,

 

Necrotério Pereira da Silva,

 

Oceano Atlântico Linhares,

 

Padre Filho do Espírito Santo Amém,

 

Sansão Vagina,
Sebastião Salgado Doce,
Segundo Avelino Peito,
Sete Chagas de Jesus e Salve Patria,
Sete Rolos de Arame Farpado,
Simplício Simplório da Simplicidade Simples,
Soraiadite das Duas a Primeira ,

_____ Mas nenhum chega aos pés de um garoto sueco, cujo nome é nada mais nada menos que... Brfxxccxxmnpcccclllmmnprxvclmnckssqlbb11116. E não é filho de um casal de datilógrafos.

Bem pensando bem acho que deviam pensar mais um pouco nesse nome…

publicado por guyan às 12:17
tags:

25
Mar 08

Ora o k escrever hoje para alem da reclamação normal vamos la ver…fomos ameaçados pelo Bin outra vez os políticos continuam sujos e corruptos, mais uns morreram sem saber porque em vários países, outros inocentes violados ou vendidos, não há crime organizado em Portugal nem armas e claro não há droga cá. Algum parvo meteu um golo numa baliza e outros puxou um músculo. Bem como vê em dei as noticias do mundo em meia dúzia de linhas agora que já estamos fartos da mesma coisa vamos ver algo interessante que não se vê nas noticias lol!!

Segundo o Daily Mail, dois adolescentes falsificaram assinaturas e conseguiram a autorização para organizar uma festa nas instalações da escola. Espertos!!

Os professores explicaram que a festa rapidamente se transformou numa orgia, na qual chegaram a participar 200 alunos e cuja maioria teve relações sexuais sem protecção. Hmm como sabem foram lá ver!! Afinal então sabia da festa!!

O comportamento dos alunos obrigou a escola a distribuir pílulas do dia seguinte pelas alunas dos 14 aos 16 anos e a enviar uma carta aos pais advertindo para a possibilidade de os filhos terem doenças sexualmente transmissíveis ou gravidezes indesejadas. Ora quem não fico grávida da festa e fico antes safou se lol !!

A carta foi muito clara e não deixa margem para dúvidas, os jovens consumiram uma grande quantidade de álcool e «estavam demasiado bêbados para terem controlo sobre si próprios. O risco é real, assumam o pior.». Exmo. senhor a sua filha/o foi apanhado com as cuecas em baixo e a dar uma fooodd foi na escola e era educativo portanto não se apoquentem porque pode ter sida que é a coisa mais comum hoje em dia!! Ou então parabéns em 9 meses serão avos lol

De acordo com o Daily Mail, não é a primeira vez que uma coisa destas acontece naquele estabelecimento de ensino. Há quase dois anos também houve uma festa que acabou com vários jovens embriagados, inúmeros estragos e semelhantes cenas sexuais. Pois e assim mantêm se a taxa de natalidade em lugar umas festinhas entre jovens bêbados e drogados

O dono de um pub local contou que o estado dos jovens era tal que chegaram a ameaçá-lo quando este se recusou a vender-lhe mais álcool e tabaco. De manhã quando chegou ao bar os adolescentes tinham urinado a fachada do estabelecimento. Pois a casa de banho estava fechada e mesmo aberta eles não a encontravam estavam grossos lol

Uma equipa de socorro também foi atacada, primeiro vários adolescentes nus rodearam a ambulância e depois outro grupo de adolescentes tentou virar o veículo. Xii la foi a vontade de ser pedófilo desta equipa  

Bem só cá faltava isto também em Portugal todos a terem orgias nas escolas já agora aproveita se para aumentar a taxa de natalidade lol porque não!!

Bem isto lá é interessante… mas não dizem se foi numa escola do estado ou uma escola puritana ops!! Privada. Se fosse numa tipo convento então é que era de chorar a rir lá se diz que são muito conservadores que conservam tudo muito bem… (Só se for de sardinhas o pêssegos etc. lol) porque de resto xii deixam muito a desejar em questões de conservar lol

publicado por guyan às 18:36

Junho 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
19
21

22
23
26
27
28

29
30


subscrever feeds
arquivos
mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

5 seguidores

pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO